5 filmes que apresentam a vulnerabilidade masculina de forma graciosa

A maioria dos filmes costumam retratar os homens como durões e sem emoção. Como resultado, é raro ver homens chorarem nas telonas, muito menos na vida real.

Em vez de chorar, observamos os homens quebrarem coisas ou liberarem sua raiva para os outros ou ficarem extremamente irados sempre que experimentarem sentimentos negativos.

No entanto, isso não é realidade. Os homens têm sim emoções, mas sofrem pressão para serem “homens”, o que significa ser durão e nunca chorar.

Por isso, decidimos reunir aqui está uma lista de filmes que retratam a vulnerabilidade masculina:

1. Conta comigo (1986)

Este filme se concentra em quatro meninos. Mostra-os viajando juntos e experimentando emoções cruas. Também retrata como esses jovens experimentam emoções e choram quando percebem o quão corrupto é o mundo. Fiquei realmente impressionado com as quatro performances dos meninos. Eu estava acostumado a ver os meninos e os homens como insensíveis, mas estava errado.

Minha cena favorita deste filme é quando Chris (interpretado por River Phoenix) diz a seu melhor amigo, Gordie (interpretado por Will Wheaton), que Chris e seus dois outros melhores amigos se separarão e não alcançarão nada porque não sentem que eles são bons o suficiente. Ele até encoraja Gordie a ter sucesso, dizendo que ele é bom demais para ser associado a “perdedores” como eles. Isso deixa Gordie triste porque ele encontrou consolo com seus amigos quando se sentiu sozinho, devido à negligência de seus pais e à morte de seu irmão mais velho. Este filme me lembrou que os meninos têm suas turbulências pessoais e lutam para ser durões quando são realmente vulneráveis ​​e precisam dos amigos.

2. Clube da Luta (1999)

Este filme é considerado o epítome de como retrata a masculinidade tóxica. Edward Norton e Brad Pitt passam o filme formando um clube da luta que permite aos homens baterem uns nos outros para liberar sentimentos reprimidos sobre a castração. Mesmo que este filme mostre homens sendo agressivos uns com os outros, mostra que cada homem tem uma sensação de vulnerabilidade por causa das pressões cotidianas com que lidam, como o materialismo e a necessidade de parecer durão, que eles esquecem o que significa ser um “homem de verdade.”

3. Exterminador do Futuro (1984)

Há uma cena particular que mostra a vulnerabilidade masculina neste filme. É interessante, já que o personagem de Arnold Schwarzenegger passa quase todo o filme tentando matar a personagem de Linda Hamilton, Sarah Conner, sem remorso, enquanto o personagem de Michael Biehn, Kyle Resse, a protege. Quando Kyle e Sarah estão se escondendo em um motel, eles falam sobre sua vida no futuro e como ele lida com as dificuldades de ser um soldado. Mesmo que ele diga que se “desconectou” da “dor”, ele ainda admite seus sentimentos por Sarah e viajou ao passado para salvá-la de O Exterminador do Futuro.

4. O Gênio Indomável (1997)

Este filme destaca não apenas a vida conturbada do personagem principal, mas também sua dificuldade com seu relacionamento com Skyler (interpretada por Minnie Driver) e sua incapacidade de se aplicar, independentemente de sua mente brilhante.

O primeiro exemplo de vulnerabilidade masculina no filme é o monólogo mais famoso de Sean (interpretado por Robin Williams), no qual ele fala sobre seu amor por sua esposa. Outro exemplo é quando Will desmaia após anos de dor acumulada quando Sean lhe diz que “não é [dele] a culpa”, e os dois se abraçam.

5. A Felicidade não se Compra (1946)

Este icônico filme de Natal foi tão bem recebido porque foi um dos primeiros filmes a retratar a saúde mental masculina, o que era muito raro em Hollywood.

Enquanto lida com as pressões financeiras no trabalho, em vez de ir para casa, George (interpretado por James Stewart) vai a um bar e ora por um milagre. Isso mostra como ele, como todo homem, se recusa a expressar suas emoções porque não se espera que o faça. Eles apenas sofrem em silêncio. Independentemente da crise de George, o anjo então o lembra das coisas boas que ele faz e do quanto sua família o ama. Ele também percebe o que aconteceria a todos se ele não estivesse lá.

Existem muitos outros filmes que retratam a vulnerabilidade masculina. Acho que os filmes que listei são representações fortes da masculinidade tóxica. Esta lista é o seu começo para entender melhor os homens.

*DA REDAÇÃO HP. Com informações Readunwritten.

VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?
O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!