A maior vitória está nas pequenas batalhas do dia-a-dia e não nos grandes resultados

Amigo, hoje queremos que você mentalize uma guerra, daquelas medievais. Pense que há um grande território a ser dominado e cada dia o exército de corajosos guerreiros consegue tomar um vilarejo. Isso vai acontecendo sucessivamente até que um império seja formado. Essa é uma analogia perfeita para a nossa vida e os obstáculos que enfrentamos.

Cada obstáculo que conseguimos enfrentar é uma batalha vencida, um vilarejo conquistado. E, fazendo isso sempre, dia após dia, ao final de tudo, teremos nosso império.

Todo manhã é uma nova batalha

Toda manhã, ao acordar, uma nova batalha começa. Ela é igual às milhares de batalhas que você já travou ao longo da vida. E, assim como as outras, irá lhe oferecer a oportunidade de ter poder sobre o desfecho. Sim, tudo depende da sua performance.

A vida vai passando e esse processo é cada dia mais automático, e nem sempre nós temos a clareza de pensamento de perceber o quão importante é saber que somos responsáveis pelo resultado da batalha.

Nós podemos travar várias batalhas ao longo dos dias. Temos nosso trabalho, nossa vida pessoal, nossos estudos e coisas que queremos melhorar em nossa personalidade e corpo. Essencialmente, no entanto, todas essas batalhas fazem parte de uma guerra maior. A guerra entre os dois lados da sua personalidade. Vamos explicar melhor.

Os dois lados da sua personalidade batalham entre si

Você tem dois lados. O primeiro lado é o lado infantil, que quer gratificação instantânea. Seu único intuito é conseguir o maior nível de prazer, fazendo o menos esforço possível. E a gente adora e é super indulgente com esse ladinho nosso, porque gostamos de coisas agradáveis. Ninguém é bobo.

O grande problema é que esse lado é mimado e encontra formas muito espertinhas de convencer a gente a ceder cada vez mais e buscar cada vez mais prazer. E acontece que esses instintos primitivos levam a um pensamento raso focado apenas em soluções a curto prazo e faz com que tenhamos baixa resistência à dor e à frustração.

Cada vez que você dorme mais tempo do que deveria, come demais, procrastina ou cede aos seus vícios, você fortalece esse lado. Isso também faz com que você se sabote e duvide das suas capacidades cada vez que topar com algo que pareça desagradável ou difícil de fazer.

Agora, você deve estar pensando que o outro lado da sua personalidade é perfeito e faz tudo certinho, correto? Pois é, na verdade ele é apenas diferente.

Esse outro lado da sua personalidade é o lado mandão, o lado adulto, o lado que cobra as coisas e é aquela vozinha na sua cabeça lembrando que você tem metas e coisas que quer alcançar.

Esse lado exige de você disciplina, coragem, trabalho duro e consistência. Ele existe para fazer com que você alcance o que se propõe a fazer e funciona como um personal trainer, lembrando que você aguenta sim mais dez abdominais (ou completar mais uma hora de estudo, por exemplo).

Esse lado da sua personalidade é o responsável por ser aquela voz de culpa quando você come aquele bolo de chocolate com bastante calda de brigadeiro. E, mesmo que você odeie esse lado, é ele que irá guia-lo aonde você quer chegar na vida.

Como resolver essa dualidade?

Você deve estar pensando: como superar meus obstáculos, derrotar meus inimigos e vencer as batalhas da minha vida?

Entenda que o seu lado adulto precisa de bastante investimento e atenção, mas você também não pode negligenciar seu lado infantil. Afinal, os pequenos prazeres dão cor à nossa vida.

Claro, tudo depende do seu grau de aspiração e de quem você deseja se tornar. Tem gente que está disposta a sacrificar a vida pessoal por uma vida profissional muito bem-sucedida. E cada um é cada um – faça o que desejar e achar melhor. Pessoas assim terão que investir muito mais no lado adulto, concorda?

Se você está dedicando a maior parte do seu dia aos prazeres imediatos, saiba que é possível alterar esse comportamento e focar em quem você quer ser no futuro. Trata-se de consistência. A maior vitória está nas pequenas batalhas do dia-a-dia e não nos grandes resultados. E todas as batalhas da sua vida, no fundo, envolvem esse embate entre seu lado infantil e o adulto.

O método é o seguinte:

Você precisará fazer duas listas toda manhã. Ter duas fichas diferentes para comparar ou traçar uma linha no meio do papel pode ajudar bastante.

Imagine que todos os dias esses dois lados da sua personalidade irão se materializar com um carrinho de mercado para que você forneça os recursos que elas precisam para viver.

Em vez de comida, os dois lados da sua personalidade pedem um pouco do seu tempo e você deve decidir quanto tempo irá alocar para cada um. Seja realista e entenda que você não é perfeito e também merece agradinhos para seguir.

Lista 1 – Coisas que fazem bem a longo prazo (lista verde)

A nossa sugestão é que você escreva essa lista com caneta verde, uma vez que a cor passa a sensação de que é certo e permitido e nosso cérebro consegue ler isso.

Marque todas as coisas que você deve fazer no dia e que irão contribuir para o seu crescimento a longo prazo. Cada um tem seus propósitos e a lista é pessoal, mas eis alguns exemplos:

  1. Fazer exercícios
  2. Fazer refeições saudáveis
  3. Fazer um curso online para usar no trabalho
  4. Ler um livro sobre sua profissão
  5. Se dedicar a um hobby

Tudo o que está nessa lista tem um retorno muito grande. Fazer exercícios pode lhe deixar em forma e mais durinho em alguns meses. Comer melhor pode melhorar sua pele, dar mais disposição e até emagrecer. O curso pode melhorar seu cotidiano no trabalho e, quem sabe, até gerar uma promoção. E você pode até ficar muito bom nessa coisa de fazer seu próprio pão, se esse é seu hobby.

O seu objetivo é completar todos os itens da lista, isso idealmente. No entanto, fique contente se conseguir completar a maioria e tente cada dia se superar e fazer mais. Lembre-se que quanto mais investimento, maior o retorno.

Lista 2 – Coisas que dão prazer imediato (lista vermelha)

  1. Usar drogas
  2. Comer demais
  3. Dormir demais
  4. Ver muita tv
  5. Passar muito tempo nas redes sociais

Como funciona essa lista? Vamos lá. Como sugestão, você pode usar uma caneta vermelha para deixar bem claro que esses comportamentos não são recomendáveis.

Nem sempre temos total consciência de tudo aquilo que nos faz mal, então uma dica é tirar um dia ou uma semana para avaliar e perceber tudo aquilo que fazemos e não está nos trazendo benefícios ou, pior, está nos prejudicando.

Faça a lista dessas coisas e, todos os dias, marque todas as coisas que você não fez. Conseguiu resistir à tentação de beber demais quando saiu na sexta? Marque! Tente marcar cada vez mais coisas, e com o tempo fica mais fácil.

Esse hábito de marcar as coisas em uma lista é ótimo porque dá uma sensação quase física de dever cumprido. Você vê aquela tarefa cumprida materializada em um pedaço de papel.

Conclusão

A vida é um jogo demorado e, embora você deva ser capaz de ter uma visão geral das coisas e de onde quer chegar, deve agir de forma micro, ou seja, quebrando suas ações no dia. Lembre-se: você só tem o presente. O passado já foi e você ainda não pode fazer nada pelo futuro a não ser atuar no presente. Trabalhe o seu agora e tenha sempre em mente que a maior vitória está nas pequenas batalhas do dia-a-dia e não nos grandes resultados. Os resultados virão – se você lutar todos os dias.

RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS




Homem na Prática
Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!