Airbnb oferece moradia gratuita para até 100 mil refugiados ucranianos

Imagem de capa para Airbnb oferece moradia gratuita para até 100 mil refugiados ucranianos.

As estadias serão de longo prazo e serão financiadas pelo Airbnb, doadores do Airbnb.org Refugee Fund e anfitriões do Airbnb.org arcarão com os custos.

A empresa de aluguel de casas Airbnb abrigará gratuitamente até 100 mil refugiados ucranianos por meio de sua própria ONG,

Essa grande iniciativa foi anunciada pelos próprios CEOs Brian Chesky e Joe Gebbia que enviaram cartas aos líderes dos países que são fronteiras com a Ucrânia – Polônia, Romênia, Alemanha e Hungria – oferecendo a ajuda.

Em 8 dias de guerra, pelo menos 300.000 refugiados ucranianos entraram na União Europeia até agora para fugir do conflito.

Estadias serão de longo prazo

Por meio da ONG airbnb.org, que oferece estadias para as pessoas durante crises, a empresa está em contato com os governos para efetivamente abrigar os refugiados.

As estadias serão de longo prazo e serão financiadas pelo Airbnb, doadores do Airbnb.org Refugee Fund e anfitriões do Airbnb.org.

Outras empresas abraçaram a corrente do bem

Muitas empresas têm se mobilizado para ajudar nesse cenário de guerra.

Por exemplo, a Verizon Communications disse que renunciaria às cobranças de chamadas para a Ucrânia para alguns clientes. Já a britânica Virgin Media O2 removeu as cobranças pelo uso de dados na Ucrânia.

UMA ÓTIMA NOTÍCIA NESSE MOMENTO TÃO TRISTE. QUE ESSAS PESSOAS SEJAM RECEBIDAS COM MUITO AMOR E TENHA UMA ESTADIA PASSÍFICA PORQUE JÁ PASSARAM POR MUITA COISA QUE PODE TRAUMATIZAR E CAUSAR DANOS NA SAÚDE MENTAL DE QUALQUER UM. VOCÊS NÃO ACHAM? o QUE VOCÊ PENSAM SOBRE A SITUAÇÃO DESSAS PESSOAS?

Foto: AP Photo/Czarek Sokolowski

*DA REDAÇÃO HP. Com informações de CNN Brasil VIA SNB


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?

O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!