Bebê prematuro desafia a lógica e entra para o livro de recordes.

Nascido em julho de 2020, exatamente um mês após o bebê mais prematuro do mundo anterior, Curtis Zy-Keith Means, do Alabama, EUA, faria história.

Inicialmente, a gravidez de Michelle “Chelly” Butler parecia estar progredindo bem e no caminho certo para chegar até o final. Mas em 4 de julho de 2020, ela teve que ser levada às pressas para o hospital para uma cirurgia de emergência.

A mãe foi rapidamente transferida de seu hospital local para a Universidade do Alabama em Birmingham (UAB), que é considerada um dos principais departamentos de neonatologia e pediatria do país.

Graças à rápida resposta da experiente equipe médica da Unidade Regional de Terapia Intensiva Neonatal (RNICU), por desejo de sua mãe, Curtis deu à luz com 21 semanas de gestação 1 dia (148 dias) por volta das 13h do dia 5 de julho.

bebe prematuro desafia a logica e entra para o livro de recordes1 - Bebê prematuro desafia a lógica e entra para o livro de recordes

Sua data original de nascimento seria 11 de novembro. Uma gravidez normalmente é de 40 semanas, ou 280 dias, mas Curtis veio ao mundo em 132 dias – quase 19 semanas – muito prematuro.

Quando recém-nascido, Curtis pesava apenas 420 g (14,8 oz), o que é quase o mesmo que uma bola de futebol.

“A equipe médica me disse que normalmente não mantêm bebês nessa idade”, disse Chelly ao Guinness World Records em uma entrevista exclusiva. “Foi muito estressante.”

Para a surpresa de todos, Curtis respondeu extraordinariamente bem ao tratamento e, com o passar dos dias e das semanas, ele ficou cada vez mais forte.

Houve muitos desafios ao longo do caminho e ele precisou de cuidados 24 horas por dia por muitos meses.

bebe prematuro desafia a logica e entra para o livro de recordes2 - Bebê prematuro desafia a lógica e entra para o livro de recordes

Esta incrível história de vida e de superação as adversidades é temperada com dor porque Curtis era um dos gêmeos.

Sua mãe também deu à luz com 21 semanas e 1 dia, sua irmã – C’Asya Means – estava menos desenvolvida e não respondeu ao tratamento da maneira que seu irmão. Tragicamente, ela faleceu apenas um dia após o nascimento.

Para a grande maioria dos bebês prematuros nascidos tão cedo, as chances de um futuro a longo prazo são mínimas. Isso é o que torna a recuperação de Curtis ainda mais excepcional.

O Dr. Brian Sims, o neonatologista de plantão que supervisionou o parto dos gêmeos e que esteve muito envolvido com o tratamento subsequente de Curtis, disse:

“Os números dizem que bebês nessa idade não sobreviverão. A pergunta da mamãe para mim foi: ‘Podemos dar uma chance aos meus bebês?”

Após 275 dias (cerca de nove meses) sob os cuidados de uma grande equipe na RNICU e no Centro para Mulheres e Crianças, foi determinado que Curtis estava apto para ir para casa em 6 de abril de 2021.

Sua alta hospitalar só foi possível com um curso personalizado de medicação e equipamentos especiais, como oxigênio engarrafado e um tubo de alimentação, mas foi um marco importante em sua jornada extraordinária.

bebe prematuro desafia a logica e entra para o livro de recordes3 - Bebê prematuro desafia a lógica e entra para o livro de recordes

Curtis, ou “Poodie” como sua família também o chama, comemorou seu primeiro aniversário em 5 de julho de 2021. Nesse ponto, ele se qualificou como o bebê mais prematuro do mundo a sobreviver e entrou para o Guinness Book.

Ele tem três irmãos, dos quais o mais velho adora ajudar nos cuidados do dia-a-dia, como a hora do banho, se vestir e se alimentar.

“Ele é muito ativo. Já estou cansado!” contou Chelly com um sorriso largo quando questionado sobre os níveis de energia de seu filho.

“Estou muito orgulhoso dele, de onde ele veio e onde está agora, posso ver a diferença.

“Ter esse recorde é uma bênção que ele conquistou e estou grato que [o Guinness World Records] o aceitou.”

Agora em novembro – que é apropriadamente o Mês da Consciência da Prematuridade – Curtis está prestes a ver qual seria o seu primeiro aniversário (11 de novembro) se ele tivesse chegado ao período letivo completo.

É claro que estabelecer recordes era a última coisa que passava pela cabeça de sua mãe e dos médicos na hora do parto.

Nesse ponto, tudo se resumia a superar aqueles primeiros minutos, horas e dias extremamente desafiadores.

“Ele mostrou inicialmente que respondia ao oxigênio, sua frequência cardíaca subiu, seus números subiram …” disse o Dr. Sims.

“Ele estava nos dando muitos feedbacks positivos de que … ele queria sobreviver.”

Desde o início, o Dr. Sims ficou surpreso com a resiliência de Curtis. “Estou fazendo isso há quase 20 anos … mas nunca vi um bebê tão jovem ser tão forte quanto ele … Havia algo especial em Curtis.”

*DA REDAÇÕA HP. Com informações GNN


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?

O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!