Praticar gratidão nada mais é que devolver ao Universo toda energia boa e positiva que ele tem emanado em sua direção. É um ato de agradecimento pelas coisas maravilhosas (e nem tão maravilhosas assim) que acontecem com você. Você quer aprender a praticar mais esse ato de bondade e luz? Confira nosso artigo com 5 dicas a seguir!

Tenha gratidão pelas pequenas coisas

O melhor caminho para começar a praticar a gratidão é começar por baixo: aprecie as pequenas coisas. Muitas vezes, em meio ao nosso cotidiano maluco e a tantas coisas que nos preocupam, passamos por cima das pequenas coisas boas que acontecem conosco.

Começar a praticar a gratidão pelas coisas simples só requer que você esteja mais aberto e conectado com as pessoas e situações à sua volta. É o princípio de awareness, isto é, ter consciência ou percepção das coisas.

Uma ótima maneira para aplicar awareness na sua jornada para ser mais grato é fazer uma espécie de diário com tudo o que lhe afetou de maneira positiva. A frequência pode ser determinada por você, mas tenha em mente que quanto mais você sentar e anotar os sentimentos positivos, mais rápido irá condicionar o seu cérebro a praticar a gratidão.

Vamos fazer um teste? Aconteceu alguma coisa boa hoje que te deixou feliz, mesmo que momentaneamente? Talvez você tenha sido acordado com um abraço gostoso do seu filho, talvez o trânsito tenha ajudado e você conseguiu chegar a tempo na reunião, ou talvez até as árvores da sua rua tenham começado a florescer e o cheiro que bate na sua janela lhe agrada.

Relembrar isso não lhe trouxe uma sensação de bem estar e felicidade? É disso que estamos falando!

Tenha gratidão pelos seus erros (e aprenda com eles)

Outra forma de praticar gratidão, e talvez a que mais lhe faça crescer, é ser grato pelo seus erros. Entenda que o erro já foi cometido, e a melhor forma de lidar com ele é aprender com o que foi feito de errado. Isso também exige awareness e muita humildade. Reconheça as falhas, mas transforme a experiência em algo útil e positivo.

Tire uma lição da situação. E seja grato pelo fato de ter passado pelo que passou, pois saiu dessa mais forte e sábio.

Quando você começar a fazer isso, entrará em um processo de auto conhecimento sem volta. Admitir sua fragilidade, aprender com o erro e se determinar a continuar seu caminho exige muita resiliência e força. Mais uma coisa para sentir gratidão!

Devolva o bem que lhe foi feito

Também é possível praticar gratidão ajudando o outro. Uma pesquisa de Martin Seligman, pesquisador da Universidade da Pensilvânia, testou a reação das pessoas a inúmeras maneiras de obter felicidade e fazer trabalho voluntário obteve uma das taxas de sucesso mais altas entre os entrevistados.

Em outras palavras, ajudar os outros também faz bem a você e todo mundo sai ganhando! Essa forma de devolver ao universo o bem que lhe é feito é uma das maneiras de expressar gratidão que mais tem impacto prático e positivo no mundo e movimenta uma energia maravilhosa que irá voltar para você.

Expresse sua gratidão

Já experimentou agradecer seus pais hoje? Mesmo que você ache que não tem muito a agradecer. Pense mais um pouco e tenha humildade em reconhecer o bem que lhe foi feito. Se nada lhe vier à cabeça, comece pelo mais básico: eles te deram a vida, o que você tem de mais valioso. Que tal fazer um telefonema e agradecer de coração? Ou, quem sabe, passar na casa deles para dar um abraço apertado?

Um grupo americano chamado Well Pancake fez um experimento pedindo que os voluntários escrevessem uma carta de agradecimento a alguma pessoa por quem fossem gratos. O nível de felicidade dessas pessoas aumentou de 2% para 4%, segundo a escala criada. Com um telefonema, esse nível foi para 19%. Sim, expressar gratidão vai te fazer feliz e ainda vai contribuir com aquilo que falamos antes: você vai espalhar energia positiva e fazer outra pessoa se sentir bem!

Aumente seu nível de felicidade

Como vimos acima, expressar sua gratidão a quem lhe faz bem é uma excelente maneira de ficar mais feliz. No entanto, a melhor maneira de ser feliz é… ser feliz!

Isso inclui, novamente, o ato de praticar awareness. A felicidade é relativa: o que faz uma pessoa feliz pode ser incômodo ou até mesmo ruim para outra pessoa. Pense em você, se entenda, busque sua essência e veja o que lhe faz feliz.

Para aumentar seu nível de felicidade, é primordial se dedicar ao que lhe agrada e lhe traz bem estar.

Você gosta de tomar um chopp com os amigos? Crie um tempo na semana para fazer um happy hour, colocar a conversa em dia e compartilhar bons momentos.

Você abandonou um velho hobby? Talvez você realmente nunca se torne uma estrela do rock como sonhou na adolescência, mas que tal pegar aquele violão encostado e arriscar umas notas? Sem compromisso, só porque faz bem.

Pense com muita calma sobre o que de fato lhe faz bem. Invista seu tempo nisso, e você vai perceber que será muito mais fácil sentir gratidão!

Por fim, apenas um lembrete: gratidão é um hábito que deve ser cultivado. Alguns dias são mais negros e é difícil enxergar o lado bom da vida, mas entenda que é tudo questão de percepção. Aguce sua consciência de que há coisas para ser grato. É como um exercício para tornar os músculos mais fortes: você deve praticar com frequência.

Quando menos esperar, terá assimilado a gratidão. E será muito mais forte.

E você? Pretende ter mais gratidão no seu cotidiano? Como pretende fazer isso? Conte para a gente nos comentários!

RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS




Homem na Prática
Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!