Por Menstellar

 

Como o termo diz, a crise de meia-idade é o centro de sua vida quando você se sente sem esperança com tudo. Os homens são mais propensos a uma crise de meia-idade, do que as mulheres, porque são emocionalmente mais frágeis. Ser emocionalmente forte ajuda em todos os aspectos da vida, seja em família, com amigos, no local de trabalho ou no relacionamento amoroso.

A crise de meia-idade nos homens acontece quando ele se percebe perdido nos últimos anos. De repente, ele começa a questionar a sua existência, e os planos de vida cuidadosamente estabelecidos parecem deixar de fazer sentido. Começam a agir impulsivamente ao fazer mudanças drásticas em seu estilo de vida ou profissão.

Muitos homens experimentaram crises semelhantes que os tornaram mais fortes na outra metade da vida.

Aqui relatamos 11 sinais reveladores de que uma crise de meia-idade está em curso na vida de um homem.

  1. Desinteresse por tudo

Há sensação de que nada faz sentido na vida. Para lidar com a fase impassível da crise de meia-idade nos homens é importante refletir sobre o que ele tem feito da vida. Pode ser em relação ao casamento ou simplesmente seu salário. Com isso em mente, poderá fazer os ajustes necessários para moldar a vida como desejar.

Não leve a sua idade uma desculpa, você não é nem tão jovem nem tão velho para fazer qualquer coisa. Se estiver na casa dos 30, você pode ainda incluir novos hobbies e passatempos na rotina.

Deixar o passado no passado é uma palavra-chave durante uma crise de meia-idade.

  1. Preocupações excessivas

Sentir-se excessivamente temeroso e questionando tudo são sinais certos da crise de meia-idade nos homens. Muitas crises de meia-vida resultam em comportamentos excêntricos, como a compra de um carro novo estiloso ou férias longas por algum destino improvável. Enquanto essas atitudes podem satisfazer temporariamente a necessidade de mudança, não são a solução para a sua vida.

Seria mais tranquilizador e gratificante aprender uma nova habilidade, um novo idioma, por exemplo, e beneficiar-se disso ao longo do tempo.

  1. introspecção constante

Se você se encontrar constantemente pensativo e fechado, angustiado com maneiras de melhorar a sua vida pessoal e profissional, mas sem tomar medidas para isso, estará em um momento notável para mudar o seu comportamento.

Pesquise, estabeleça metas, oriente-se para frente com mais aprendizados e ações que lhe conduzam aos seus objetivos. É hora de você se adaptar a alguns passatempos que podem torná-lo mais produtivo e divertido.

  1. Vida do piloto automático

É aquele sentimento de que não estamos no controle, de que estamos apenas sobrevivendo de modo automático, sem objetivos ou desejos. É importante não perder a esperança nesta fase da vida, mas enxergá-la como uma oportunidade para repensar o curso de vida.

  1. Sem propósito

A busca por um propósito de vida é uma espiral sem fim para a realidade e pode frequentemente conduzir a uma crise de meia-idade complexa nos homens.

Enveredar para o voluntariado, engajar-se numa causa focar em fazer a diferença na sociedade ou fora da zona de conforto podem ser passos revigorantes para atenuar a realidade cansativa e mudar o foco dos problemas.

  1. Fazendo alterações

Fazer mudanças frequentes em sua vida é um sinal de crise de meia-idade nos homens. Não que seja algo ruim investir tempo em reavaliar a vida e fazer mudanças positivas.

Ter um mentor ou guia, seja seu parceiro ou um amigo, é uma maneira de receber feedbacks honestos e conseguir uma mudança valiosa na vida.

  1. Sentir inveja

Quando você se percebe questionando demais as suas realizações, analisando e invejando outras pessoas mais do que pensando sobre o seu próprio futuro, pode estar apresentando sinais da crise de meia-idade.

Pare de pensar em como você quer que seu futuro seja e começar a planejar é um caminho sábio para a vida.

  1. a afastar-se

A crise de meia idade nos homens pode fazê-los facilmente se afastarem de uma carreira bem sucedida, ou um relacionamento estável.

É um passo corajoso perseguir uma paixão e viver seus sonhos, mas é importante entender o equilíbrio entre as coisas, para não tomar atitudes equivocadas e sem volta.

  1. Sentir-se bem sucedido, mas insatisfeito

É uma noção comum de que a vida pessoal e o trabalho caminham juntos, mas durante a crise de meia-idade, quando um não vai bem, tudo leva a duvidar dos pontos fortes e valores do outro.

Quando você se sentir bem-sucedido, mas não satisfeito, isso indica que é hora de mudar.

  1. Sentir-se oprimido pelo tempo

É uma experiência comum sentir-se oprimido pelo tempo, mas é um sinal de crise de meia-idade nos homens quando surge uma forte angústia diante do “pouco tempo” de vida que lhe parece restar para aproveitar a vida.

É aconselhável nesse momento, conceder-se permissão e tempo para tornar suas visões uma realidade.

 

Em que idade um homem experimenta crises de meia-vida?

A crise de meia-idade moderna aparece em torno dos 40, especialmente em torno de 43-44 anos dos homens e pode durar de três a dez anos.

Costuma acontecer após a fase em que eles sentem que cumpriram suas responsabilidades como filhos, pais e membros da sociedade.

Sinais como procurar por ex parceiros, tomar pílulas, tingir os cabelos para cobrir os primeiro fios grisalhos são alguns dos padrões comuns durante a crise de meia-idade em homens.

Como curar a crise de meia-idade em homens

  1. Reconhecer a crise

Reconhecer as mudanças no padrão de estilo de vida ou simples gostos e desgostos pode ajudá-lo a encontrar uma maneira de passar a crise. Busque o autoconhecimento.

  1. Reavalie

Antes de pedir demissão do trabalho, fazer um investimento caro, ou terminar um relacionamento, é aconselhável pensar sobre suas causas e projetar o que faria no longo prazo. Às vezes, ter uma opinião ou pedir um aconselhamento pode fornecer uma perspectiva ampla e ajudar nas tomadas de decisão.

  1. Busque ajuda profissional

Diferentes tipos de terapia, medicina e tratamentos holísticos são aconselháveis durante uma crise de meia-idade em homens devido a mudanças bruscas que podem prejudicar os indivíduos em um nível emocional e mental.

  1. Busque ajuda criativa

Usando novos pensamentos e ideias com atitudes positivas, que levam à parceria criativa ou em novo empreendimento, pode melhorar a sua mente e diminuir os efeitos da crise.

 

 

  1. Saia da sua zona de conforto

A crise de meia idade nos homens os faz questionar a rotina e a previsibilidade da vida. Tente uma nova atividade, aumente seu o conhecimento sobre novos assuntos, viaje sozinho. Ações que podem ajudá-lo a sair de suas zonas de conforto e trazerem novos significados à própria vida.

  1. Torne-se um voluntário

O voluntariado pode ajudar a oferecer uma nova perspectiva sobre os problemas causados por uma crise de meia-idade nos homens. Trabalhar num orfanato, num abrigo para idosos, numa ong de animais abandonados, não importa, servir a uma causa, trabalhar em prol do bem-estar do outro pode ajudar a dar um novo sentido à vida durante uma crise de meia-idade.

  1. Fale

Conversar francamente com seu sócio, cônjuge, pais, ou amigos que compreendem sua profundidade emocional pode fazer toda a diferença em como você sente e ajuda a aliviar a dor de uma crise de meia idade nos homens.

Como saber que a crise de meia-idade está acabando?

O fim da crise de meia-idade nos homens pode ser a constatação de que uma hora basta de procurar por um sentido na vida, chega um momento em que parece cessar esse impulso pela mudança, pela busca da sabedoria eterna.

Sinais comuns do fim da crise de meia-idade

  • Sensação de calma
  • Aceitação
  • Sensação de missão cumprida

As pessoas mudam. A alma pede por mudanças e impõe essa necessidade aos indivíduos. Enquanto uns passam por essas fases com muita luta para se adaptarem, outros permanecem pacificos até retomarem o equilíbrio.

RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS




Homem na Prática
Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!