Minha mãe maltrata a minha gata quando eu saio de casa, o que posso fazer?

Um homem, postou recentemente, em um grupo de discussão que tem medo que sua mãe faça mal a sua gata quando ele precisa sair de casa. Ele escreveu:

“Ela quer que nosso gato morra em tortura. Ela está fora de si e se sente orgulhosa de odiar o gato e diz isso abertamente aos meus parentes. Ela joga (nossa gata) do outro lado da sala, bate com objetos duros em sua cabeça. Às vezes, ela joga (nossa gata) na parede. Ela a quer morta. Nosso animal de estimação é apenas um bebê. Meu irmão e eu cuidamos da nossa gata, alimentamos e limpamos. Nós a abraçamos e damos atenção. Minha mãe acha que vamos substituí-la, que amamos mais a gata do que ela. Ela sempre reclamam enquanto ri loucamente, o quanto ela quer se livrar da gata. Hoje ela cuspiu nela várias vezes na nossa frente e depois riu. Por que não podemos desfrutar da companhia da nossa gata sem nos sentirmos culpados por isso?”, escreveu ele no grupo Reddit.

Esse depoimento é de cortar qualquer coração. Nem conseguimos imaginar o que esses jovens passam com essa mãe, e pior, o que essa gata sofre quando os dois irmãos estão fora de casa.

Muitos usuários, pediram encarecidamente para que esse jovem denunciasse a própria mãe. Mas imagina o conflito que ele deve estar vivendo. Outros pediram para que ele retirasse esse bichinho de casa urgentemente.

Uma usuária escreveu: “Você precisa tirar esse animal daquela casa muito em breve. Sua gata não está segura lá, entendo que você a ame, mas ela não vai ficar feliz ou protegida com esse ambiente”.

Outra opinou: “Denuncie sua própria mãe aos serviços de proteção animal, mesmo que eles levem seu gato, pode ser melhor para ele obter um novo lar”.

E o jovem respondeu: “Obrigado pelo conselho. Não tenho certeza se meu país levaria isso a sério. Eu sou da Europa Oriental.”

O que você acha que ele deveria fazer nessa situação?

*DA REDAÇÃO HP. Foto de Yerlin Matu no Unsplash

VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?

O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!