Noivos de festa junina se reencontram e se casam de verdade após 17 anos

Quando Leidiane e Caio Lima foram noivos em uma quadrilha junina em 2004, não imaginavam subiriam ao altar de verdade em 2022. Os jovens se reencontraram após 17 anos e, dessa vez, se casaram de verdade!

A festa da escolinha rendeu fotos, que foram reveladas e guardadas naquela época pelas famílias dos dois. Depois daquele ano, cada um seguiu a vida e eles não estudaram mais juntos.

Só que Caio nunca esqueceu Leidiane e esperou todo esse tempo para transformar a brincadeira de São João em realidade. E deu muito certo!

CASAMENTO DE MENTIRA SE TORNOU REALIDADE 17 ANOS DEPOIS

Tudo começou em 2004, quando Leidiane foi escolhida para ser a noivinha na festa junina, no último ano em que frequentaria uma escola.

O noivo, Caio, foi escolhido em seguida. “Ele só foi escolhido para dançar comigo porque ele era o único que cabia no terno, porque era muito grande”, contou Leidiane.

O que a noiva não sabia era que Caio já tinha uma “quedinha” por ela. “Ela foi a primeira menina que eu gostei. Eu achava ela toda bonitinha assim. Era um negócio meio unânime na nossa turma, os outros meninos, amigos meus e tal, todos gostavam dela”, lembrou Caio.

“Eu achava ela demais porque os meninos iam falar com ela e ela dava uns ‘tocos’. Eu adorava, ficava olhando de longe. Não tinha coragem de falar para não tomar toco também, mas eu ficava olhando”, brincou.

O DIA QUE OS DOIS FINALMENTE SE REENCONTRARAM

Durante 17 anos, Caio e Leidiane não tinham notícias um do outro. Eles seguiram caminhos separados, cada um com os próprios estudos e rotinas.

Eles se formaram, começaram a trabalhar, até que em 2021, o destino resolveu dar uma ajudinha na paixão de infância.

Caio começou a trabalhar em uma imobiliária e, pouco tempo depois, descobriu que Leidiane também trabalhava lá.

Caio conta que brincou ouviu uma amiga da atual esposa citar o nome dela e associou rapidamente uma pessoa a outra. Ele ainda brincou, lembrando o tempo em que eles foram par em uma quadrilha junina.

“Perguntei ‘tem uma Leidiane aqui?’, e ela falou que sim e perguntou porque. Aí eu falei ‘porque eu casei com ela, eu fui casado com ela’. Aí essa amiga ficou toda curiosa e eu expliquei a brincadeira.”

ELES SE REENCONTRARAM E O CASAMENTO ACONTECEU DE VERDADE

Eles se reencontraram no trabalho e se reaproximaram, se apixonaram e começaram a namorar e se casam de verdade.

E nada mais justo do que casar em junho, assim como foi no passado. Na cerimônia, uma foto dos noivinhos na escola fez parte da decoração, como uma lembrança do destino traçado no “arraiá” de 2004.

Caio contou que sempre teve consciência que a história de amor dos dois era incomum, mas que acabou se acostumando.

“À medida que você vai contando para as outras pessoas, você percebe que é uma história fora da curva, que é um negócio especial. Quando eu contei para minha mãe ela falou ‘nossa, mas parece história de novela, de filme’”, finaliza.

Após 17 anos eles se casam e dizem que nunca foram tão felizes.

*DA REDAÇÃO HP. Com informações SNB.


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?

O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!