O ator Sergio Mamberte deixou essa vida para brilhar nos palcos do céu!

O ator Sergio Mamberte, eterno Castelo Rá-tim-Bum, deixou a vida depois de ser intubado com uma grave infecção nos pulmões. Famoso por papeis icônicos, ele fez parte da vida da maioria dos brasileiros e agora nos deixa para brilhar nos palcos do céu!

Quem não se lembra do Doutor Vitor, na série ‘Castelo Rá-Tim-Bum’, da TV Cultura? As crianças que cresceram nos anos 90 tiveram o privilégio de assistir e apreciar as histórias maravilhosas e fantásticas.

Ele estava internado com uma infecção nos pulmões e faleceu em decorrência de falência múltipla de órgãos na madrugada desta sexta (3), conforme noticiou o G1.

A informação foi confirmada pelos filhos do ator. Carlos afirmou que o pai estava intubado, com uma infecção nos pulmões e que em julho deste ano havia sido hospitalizado para trata uma pneumonia, mas após cerca de 15 dias, se recuperou e teve alta.

Infelizmente, essa semana ele voltou a se sentir mal e foi levado as pressas para o hospital da rede Prevent Sênior, na capital paulista e não resistiu.

vale tudo sergio mamberti - O ator Sergio Mamberte deixou essa vida para brilhar nos palcos do céu!O ator Sérgio Mamberti, em cena da novela ‘Vale Tudo’ — Foto: Acervo Globo

Além do papel memorável no Castelo Ratim Bum, ele permeou a nossa imaginação em diversos papeis importantes e muitos deles extremamente engraçados como em “A diarista” e “Os normais”. “Atualmente, esteve no elenco de “3%”, série brasileira produzida pela Netflix.

Em 2021, lançou a autobiografia “Sérgio Mamberti: Senhor do meu Tempo”, escrita com o jornalista Dirceu Alves Jr.

Mamberti nasceu em 22 de abril de 1939, na cidade de Santos, litoral de São Paulo. Durante mais de 60 anos, dedicou-se à arte e à cultura brasileiras por meio de diversas atividades: foi ator, diretor, produtor, autor, artista plástico e ocupou vários cargos políticos no Ministério da Cultura.

Em 1964, casou-se com Vivien Mahr, com quem teve três filhos: o também ator Duda, o diretor Fabrício e Carlos. A esposa morreu em 1980.

Depois disso, teve um companheiro por 37 anos, Ednaldo Torquato, que morreu em 2019. Ao publicar sua autobiografia em abril deste ano, o ator falou abertamente sobre sua bissexualidade.

Uma história de vida cheia de sucessos e realizações! Com certeza ele continuará brilhando onde quer que ele esteja, uma estrela nunca se apaga!

*DA REDAÇÃO HP. COM INFORMAÇÕES G1


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA? O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Homem na Prática
Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!