PAI QUE CUIDA DE SEU BEBÊ NÃO ESTÁ AJUDANDO A MÃE, ELE ESTÁ EXERCENDO A PATERNIDADE.

O pai que cuida do bebê, troca fraldas, alimenta, veste e acalma o choro do bebê, não está ajudando a esposa , está simplesmente fazendo o trabalho de pai.

Às vezes, ou na verdade, quase sempre, ouvimos nossos amigos, irmãs ou algum conhecido dizendo esta frase “meu marido me ajudou / ajuda muito com o bebê” ou os pais dizem “eu ajudo minha esposa com o filho” este tipo de afirmação implica que apenas a responsabilidade do cuidado e atenção do bebê pertence à mãe, enquanto o pai é aquele que, de vez em quando, realiza qualquer trabalho epara colaborar com ela.

Embora, às vezes, seja uma frase que é mal utilizada, escolher usar ou aceitar como a sociedade a usa, diz muito sobre os papéis que ela impõe às pessoas.

Este modo de pensar é igualmente evidente a nível empresarial, em que as mulheres têm licença maternidade maior do que os homens.

No Brasil, o número de dias de licença para a mãe é muito maior do que a licença concedida ao pai, enquanto na Eslovênia pais têm 11 dias de férias, enquanto na Suíça e Holanda têm apenas apenas dois, deixando a entender que as mulheres são aqueles que são, exclusivamente responsáveis, ​​pelo cuidado das crianças enquanto os pais devem trabalhar.

Devemos pôr fim ao patriarcado instilado pela sociedade, onde se entende que o homem é o sustento do lar e da casa, enquanto a mulher cuida dos filhos e do lar.

O bebê tem uma mãe e um pai e ambos devem atendê-lo.

Assim, o pai não “ajuda”, só cumpre o papel que corresponde a ele, amando, cuidando e ensinando esse ser que ele e sua esposa conceberam juntos, e que veio ao mundo para dar um significado especial às suas vidas e criar uma família.

A boa educação da criança depende do que você incute no seu bebê. Ser um bom pai não diferencia o gênero que você tem, mas que tipo de pessoa você é.

Então cada casal deve colocar seus limites e maneira de educar a criança responsabilidade compartilhada.

Ser capaz de estabelecer acordos com o tempo e a disponibilidade de cada um, fará as coisas fluírem corretamente e a criança crescerá em um ambiente saudável e organizado.

Esse é um belo exemplo do que é a maternidade e paternidade compartilhadas.

Compartilhe com seus amigos !!!

*DA REDAÇÃO HP. Por Coruja. Prof. Foto de Kelli McClintock no Unsplash.


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?

O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!