Por Elaine Leme

Portugal é cheio de história, charme e acolhimento; tem uma gastronomia apaixonante, um litoral maravilhoso e um interior inesquecível.  Por todos seus atributos, tem se tornado quase uma quase uma segunda casa para os brasileiros. A facilidade da língua, a simpatia do povo e as belezas do país cativam os turistas do Brasil,  tanto que muitos têm se mudado para lá definitivamente. O custo de vida também é mais baixo do que nos outros países da Europa, o que vem como um plus!

Um estudo da InterNations fez 13 mil inquéritos a imigrantes espalhados por 188 países e deu o 1º lugar do ranking em simpatia e acolhimento a Portugal!  Os portugueses foram considerados mais amigáveis, acolhedores e simpáticos do que as pessoas de outros países. No estudo, 58% das pessoas entrevistadas disse que é muito fácil fazer amigos em Portugal; e quase metade das pessoas que passam por lá, 47%, gostaria de ficar a viver no nosso país. Além disso, a “atitude amigável” do povo é referida por 94% das pessoas que participou do estudo.

Se a pátria mãe não está nos seus planos ainda, vale repensar os roteiros e colocar Portugal na lista! Lisboa é o ponto mais óbvio de chegada e por sua localização tem a vantagem de servir como uma excelente base para bate-e-voltas para as cidades mais encantadoras do interior do país.

Roteiros curtos partindo de Lisboa

Em cerca de uma hora, percorre-se o trajeto que liga Lisboa a Óbidos, que tem 84 quilômetros. Protegida por enormes muralhas, esta charmosa vila fica em uma colina e tem um visual inesquecível, composto por ruazinhas de pedra, casinhas brancas e um grandioso castelo. Vale a pena passar uma noite em Óbidos, que é muito visitada por turistas que apenas passam o dia ali. Assistir o entardecer de cima das muralhas e passear pelas ruas tranquilas à noitinha são experiências inesquecíveis.

Partindo de Óbidos, em menos de uma hora chega-se em Fátima, um dos principais destinos religiosos do mundo. A história da cidade conta que a Virgem Maria apareceu diversas vezes para três crianças em 1917, levando mensagens de esperança e fé. Os eventos levaram à construção de igrejas e santuários em homenagem à santa. Independentemente da religião do turista, Fátima é uma cidade bonita e tem uma energia única.

O próximo destino do roteiro é Tomar, a apenas 39 quilômetros de Fátima. A cidade impressiona pela história, já que é um dos lugares mais importantes da história dos Cavaleiros Templários em todo o mundo. No Convento de Cristo, uma construção grandiosa que mistura diversos estilos artísticos, como romântico, gótico e manuelino, há um templo que foi construído para ser o oratório privativo dos Cavaleiros da Ordem. Também na cidade, a Igreja de Santa Maria do Olival foi sede da Ordem em Portugal, e o parque Mata dos Sete Montes era onde se realizavam os rituais de iniciação.

Partindo de Porto: Aveiro, Coimbra e Viseu

Para quem está em Porto, há outras cidades para conhecer. A primeira é Aveiro, a apenas 79 quilômetros de distância. Conhecida como a “Veneza Portuguesa”, Aveiro é cortada por um conjunto de canais, onde circulam os moliceiros, barcos típicos e coloridos. O melhor horário para fazer um passeio de moliceiro é o final da tarde, que pinta toda a cidade de alaranjado. Outras atrações da cidade são as construções características da Art Nouveau e as casas com fachadas decoradas pelos tradicionais azulejos portugueses.

De lá, são apenas 61 quilômetros até Coimbra, uma das mais importantes cidades universitárias de Portugal. Lar de uma das universidades mais antigas do mundo, o destino tem um centro histórico extremamente preservado, além de belíssimos parques. É um lugar onde passeios a pé são altamente indicados, já que cada rua reserva uma surpresa diferente.

Por fim, após 92 quilômetros, chega-se a Viseu, uma cidade antiga, com várias construções medievais, mas que tem uma atmosfera jovem devido aos universitários que ali vivem. Com bons restaurantes e bares animados, é o lugar ideal para provar os aclamados vinhos da região do Dão.

De Viseu a Porto são apenas 127 quilômetros, somando 359 quilômetros em todo o roteiro. Os viajantes que buscarem um roteiro mais longo podem conhecer também Ílhavo e Figueira da Foz após saírem de Aveiro.

 

RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS




Elaine Leme
Jornalista e blogueira, escreve sobre viagens, gastronomia, entretenimento e comportamento.