Talvez eu acabe sozinho (e talvez esteja tudo bem).

Todo mundo sempre começa a se preocupar quando você está solteiro há um certo tempo.

“Quando eles vão SE CASAR?” “Não se sente solitário sem alguém?” “Você realmente quer ficar solteiro para sempre?”

Essas perguntas podem começar a corroer seu estado mental e emocional; no entanto, você não deve permitir que a ideia de acabar sozinho o petrifique.

Às vezes, ficar sozinho é melhor do que se contentar com menos do que você merece.

Nós nos apegamos às coisas porque abandonar pode ser difícil. Deixamos passar coisas que não permitiríamos que nossos amigos passassem porque não queremos acabar sozinhos ou lidar com o estigma que vem com isso, mas quer saber?

A realidade é que, talvez, eu acabe sozinho, e você sabe que eu estou achando isso mais do que bom?

Uma pessoa importante não muda meu valor ou define minha vida. Só porque não estou com alguém, não significa que não seja feliz. Estou cercado por um forte grupo de amigos, família que me apóia e uma carreira que eu gosto.

Não estou procurando romance de Netflix e conexões descontraídas ou casuais, nem quero deslizar para a esquerda e para a direita para ver se dá “mach”, isso simplesmente não é para mim.

Não vou julgar ninguém por suas escolhas, mas não deveria ter que participar das coisas que são culturalmente esperadas para a minha geração. Se funciona para você, fico muito feliz por isso, mas não é para mim.

Estou começando a reajustar meu pensamento sobre relacionamentos e o que torna uma vida feliz. Focar em mim mesmo para realmente avaliar o que me faz feliz na vida.

Eu quero ser uma pessoa melhor; Eu quero ser feliz, mas não superficialmente feliz.

Eu quero me concentrar em crescer, viajar, absorver todos os eventos maravilhosos da vida, sem me preocupar em encontrar a pessoa certa.

Talvez um dia no futuro eu encontre alguém, e essa pessoa vai acender algo em minha alma.

Talvez aquele conto de fadas esteja por aí, não estou dizendo que o estou descartando completamente. Se acontecer, serei capaz de abordar o assunto com a cabeça limpa. Terei aprendido a me amar, a saber o que quero e preciso da vida. Por enquanto terei laços fortes com amigos e familiares.

Pelo menos, não terei me contentado com menos do que mereço.

Se não vier, também não ficarei arrasado. Talvez simplesmente não esteja em minhas cartas. Posso acabar com alguns cães ou gatos, mas isso não me torna uma pessoa maluca. No final, terei vivido uma vida plena, sem arrependimentos.

A única pessoa a quem devo responder sou eu mesmo, é realmente tão simples.

Existem tantas outras coisas na vida que são muito piores do que viver sozinho. Recuso-me a diminuir minha experiência de vida como um fracasso no amor.

Não sou um fracasso, sou brilhante e continuarei a viver uma vida maravilhosa, não importa o que seja lançado em meu caminho.

Eu não sei, talvez eu acabe sozinho, mas pra mim está tudo bem.

*DA REDAÇÃO HP. Com informações Thought Catalog. Foto: Getty Images.


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?

O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!