Ter pais controladores me fez ver a vida familiar como um fardo.

Essa declaração veio de um adulto inconformado com o controle de seus pais, ele simplesmente jogou essa frase impactante no Reddit, um grupo de apoio a usuários. As respostas ao seu desabafo vieram em tom de consolo e de incentivo a sua liberdade e autonomia.

Muitos usuários se compadeceram com a situação em que ele vive e deixaram mensagens inspiradoras como a do usuário
Cultist902 que disse:

“Eu também tenho pais muito controladores, minha mãe até tenta me dizer o que vestir e o que devo fazer com a minha barba. Não funciona, nunca funcionou, mas ela tenta. Ela vai gritar comigo se eu não fizer sua vontade.

Eu jurei em não ter filhos há muito tempo e ela fica pedindo com uma voz dramática para reconsiderar. Eu não disse aos meus pais que não quero ter filhos por causa deles, também não posso buscar uma namorada apenas para salvar minha vida”, desabafou.

O caso é mais delicado do que parece, completando o seu desabafo o criador do post escreveu:

Antes de mais nada, escreveu ele, eu sei que eu permito isso, Enfim, para colocar essa questão aqui, eu sei que sou um idiota e aceito o que eles impõem. Mas crescer com dois pais controladores e superprotetores me fez desprezar o conceito de ter uma família.

Quando vejo uma família jovem, não apenas vejo a criança como um fardo, mas também vejo a mãe e o pai como fardos imensos.

Quando penso em novos pais, penso em um ambiente de restrição. Você tem uma restrição quanto as palavras que pode dizer, o que pode colocar na TV e o que pode fazer. Como uma pessoa que valoriza a liberdade, as crianças são o que impedem a liberdade. Tudo ao seu redor precisa ser “PG”.

Estar perto de pais jovens e seus filhos é restritivo. Eu honestamente não gosto da visão deles. Eu hostilizo a maneira como a sociedade os mima. Quando vejo mães e seus bebês, admito que não vejo amor, mas vejo alguém que é estupidamente obsessivo.

Quando penso em ter filhos, imediatamente penso em envelhecer e vejo isso como se você não fosse mais jovem.

Eu admito. Na verdade, sou o tipo que consideraria abandonar um namoro no momento em que a conversa comece a caminhar para a vontade de ter um bebê. Talvez eu não devesse ter nenhuma relação verdadeira.

É por isso que não quero me casar. No segundo em que a pessoa menciona “crianças”, é quando eu decido que é hora de fugir. Ter pais controladores enquanto crescia me fez desprezar tudo relacionado à palavra “família”, concluiu ele.

O que você pensa sobre isso? Ter pais controladores pode te levar a ver a vida familiar como um fardo?

O trauma pode ser assim tão profundo a ponto da pessoa não querer se casar, nem ter filhos?

Ou o medo é de que os pais quando se tornarem avós fiquem ainda piores em termos de controle e proteção?

*DA REDAÇÃO HP. Com informações WHK


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA? O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!