Vai por mim, uma hora a gente cansa.

A gente cansa de esperar por mudanças de quem não está disposto a mudar, cansa de esperar iniciativas de quem nunca as teve, cansa de ser culpado de atitudes que não cometeu. 


A gente cansa de ser uma versão resumida de si mesmo e de tentar se encaixar na vida dos outros. A gente cansa de esperar carinho, de cobrar a presença e de exigir respeito.

Cansa de relevar as grosserias diárias e de considerar apenas, as poucas, que nos fazem sorrir. 

Acontece exatamente assim: quando o cansaço nos abate, o amor-próprio nos levanta. A partir daí, somos capazes de caminhar sem culpas, sem rancores, sem frustrações. Paramos de encontrar culpados e apenas seguimos em frente. 

Uma hora a gente cansa de ser porto para quem só está de passagem.

A gente cansa de ser segurança, para quem quer fazer do nosso mundo um abismo.

Quem está só de passagem, deveria vir com um selo avisando, assim, a gente não perderia o nosso tempo precioso dando atenção a quem não merece.

Essa pessoa que está de passagem, pode passar, dê espaço para que ela vá logo, para que ela não fique ocupando o lugar de quem realmente deseja ser o porto que a gente tanto precisa.

Quanto mais corda você der para ela, mais ela vai te enrolar e te amarrar na sua trama inconsequênte e irresponsável. Você não merece alguém que está só de passagem, você merece alguém que escolha ficar ao seu lado.

Trecho retirado do livro “Detox Emocional”. Não leia esse livro se você não quer saber como fazer ELE sentir sua falta e ter medo de te perder. Porque ele vai te ensinar exatamente isso.  

PARA COMPRAR O SEU – Clique nesse link e conheça o método que está transformando a vida amorosa de centenas de pessoas.

“Responsabilidade afetiva é para quem é forte, os fracos sempre vão comprar uma passagem para outro lugar”.
Iara Fonseca

*DA REDAÇÃO HP. Foto de Moise M no Unsplash.


VOCÊ CONHECE O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO HOMEM NA PRÁTICA?

O UNIVERSO MASCULINO EM UM SÓ LUGAR.

RECOMENDAMOS






Queremos falar de forma descontraída sobre o universo masculino sem qualquer estereótipo. Prazeres, Família, Trabalho, Finanças, Futuro e Gastronomia. Papo aberto, franco e direto!